Segunda, 21 de Setembro de 2020
47 98418-6588
Entretenimento Alerta do Procon...

Consumidores podem enquadrar à Celesc por queda de energia

O Procon de Blumenau alerta para que os consumidores de energia elétrica podem e devem emparedar a Centrais Elétricas de Santa Catarina- também conhecida pela alcunha de Celesc, a indenizar perdas ocorridas devido às famosas, tradicionais e criminosas quedas de energia...

07/01/2020 18h09
130
Por: Jean de Souza Fonte: SECOM/Blumenau
Foto/Divulgação.
Foto/Divulgação.

Mas é preciso estar bem orientado. Qualquer dano constatado em aparelhos dento da residência no deve ser tocado, retirado do local, ou enviado para consertos. O correto é acionar a companhia, levando uma fatura da conta de energia em seu nome e documento de identidade.

A Celesc terá 10 dias, a contar da data da reclamação, para fazer a verificação in loco do acontecido. Se não for cagada do consumidor contratando eletricista meia boca, falta de aterramento, a companhia terá que bancar os prejuízos. O cidadão tem 90 dias pra reclamar.

Neste rol de produtos indenizáveis, está também os perecíveis. Se ficar comprovado que foi ausência de energia, a empresa é responsabilizada pelos danos. Ou seja, o leque para que o consumidor escape do prejú é enorme. Difícil é convencer a fornecedora bancar a conta.

No final de 2018, consumidores procuraram até a polícia para tentar reaver os valires cobrados de forma indevida nas faturas de energia elétrica junto à Celesc. Proprietário de imóveis 30 dias de férias, receberam fatura maior que o normal e foram à loucura...

Mas os caras são duros na queda e empurraram a definição do caso com a barriga até os dias atuais sem nenhuma solução. Ou seja, ficamos com os prejuízos. Outra vez. E não adianta instalar energia solar. A Celesc já entrou com ação querendo participação no negócio.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.