domingo, 31 de maio de 2020
47 98418-6588
Brasil

21/05/2020 ás 14h45

20

Jean de Souza

Blumenau / SC

Acidente de trânsito mata mais que crimes violentos
Os acidentes de trânsito mataram, em 2019, mais do que os crimes de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte em 10 Estados brasileiros. A avaliação, divulgada pela Seguradora Líder, leva em conta as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT e os dados do Ministério da Justiça.
Acidente de trânsito mata  mais que crimes violentos
Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação.

De acordo com o levantamento, somente em 2019 os São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Ceará, Maranhão, Goiás, Santa Catariana, Mato Grosso, Piauí e Paraná somaram 23.757 indenizações por acidentes de trânsito e registraram 16.666 óbitos por crimes violentos, diferença superior a 42%.


Os Estados de São Paulo e Minas Gerais lideram a lista com 6.026 e 4.161 sinistros pagos por acidentes fatais no trânsito, contra 3.200 e 2.833 óbitos por crimes violentos, respectivamente


Os outros oito Estados somaram 13.570 indenizações do seguro obrigatório destinadas a acidentes que resultaram em mortes. Em 2019, os crimes violentos somaram 10.633 óbitos nas localidades.


O diretor de operações da seguradora, Iran Porto, alerta que, mesmo durante a pandemia do novo Coronavírus acidentes e mortes no trânsito continuam acontecendo.


"Devemos aproveitar a representatividade do mês de maio, por conta do movimento Maio Amarelo, para reforçar a importância do constante investimento em prevenção, educação e medidas cada vez mais rigorosas de fiscalização no trânsito", afirma.

FONTE: Redação

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium