Sábado, 14 de dezembro de 2019
47 98418-6588
Colunistas

02/12/2019 ás 10h39 - atualizada em 02/12/2019 ás 11h02

42

Jean de Souza

Blumenau / SC

Colunista Isaias de Souza
Bolsonaro salvo pelo gongo... A casa caiu... Belchior de luto... Energia mais cara... Moises amarela e recua sobre incentivos a defensivos agrícolas... Preço da carne tá um roubo... Matador apaga dois no Itoupavazinha... Deputados denunciam perseguição... Cadê os R$ 190 milhões?... Faltam celas para transexuais... Motta fez bonito na Globo... Hospitais agonizam...
Colunista Isaias de Souza
Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. Imagem: Aneel/Divulgação

Na hora certa...
Bolsonaro saiu na hora certinha do PSL, antes que acabasse envolvido nos rolos organizados pelo presidente nacional da sigla, Luciano Bivar. Tanto é verdade que, assim que o Mito criou o Aliança Pelo Brasil, com o número 38, a Justiça eleitoral caiu pra cima e indiciou o cacique e outros dois comparsas a responderem pela acusação de dinheiro do fundo de campanha, desviado nas campanhas à majoritária em 2016. Por muito pouco Bolsonaro não dançou.


A casa caiu...
O presidente e deputado federal, do PSL, Luciano Bivar, 75 anos de idade, foi denunciado como o mentor das tramoias que o partido dele é suspeito de ter praticado nas eleições de 2016. A acusação menciona Bivar como organizador do esquema que recrutava candidatas mulheres, na base da rachadinha. Em alguns casos fingia que repassava R$400 mil, mas coisa de 10 contos apenas ficavam com a postulante fajuta, que não chegava a colher 100 votos...


Morte no Belchior...
Figura bastante conhecida, principalmente no agora distrito Belchior, onde nasceu e morou a vida toda, morre o empresário Dinho Pamplona, como era conhecido o dono do Defumados Belchior, um dos preferidos por moradores gasparenses e blumenauenses, quando o assunto é feijoada. A morte do empresário chocou a comunidade. Dinho é irmão do Claudinho Pamplona, da Retiplan e há décadas atuava no ramo de defumados. Uma grande perda...


Energia sobe...
As contas de energia elétrica de dezembro vão chegar na cor amarelo, com tarifa de 1,343 cobrado de cada quilowatts. Ao contrário da taxa cobrada em outubro que era da cor vermelho e custava R$ 5 a cada 100 quilowatts a mais gastos. A diferença, segundo dirigentes da Agência Nacional de Energia Elétrica, também conhecida pela alcunha de Aneel, deu-se por conta da melhoria no clima, com boa quantidade de chuva registrada no período...


Incentivos até abril...
Pelo menos até 30 de abril de 2020 não se fala em cortes, ou retiradas de incentivos fiscais sobre a compra de defensivos agrícolas. O governador Moises foi convencido pelos deputados a ampliar o prazo que ia até 31 desse mês, para abril do ano que vem, sem qualquer garantia que o benefício seja continuado, ou mantenha a decisão de quando assumiu que acabou com os incentivos aos agricultores. Mesmo que isto cause estragos na economia daqui.


Preço da carne...
O brasileiro não gostou nadinha de ouvir da boca do presidente da República, Jair Bolsonaro, que, independentemente do reajuste estratosférico do preço da carne bovina, não pretende tabelar ou congelar o preço do produto, onde o Brasil lidera o ranking mundial de maior produtor de gado do planeta. Repórter duma dessas rádios pererecas do interiorzão paulista enticou o Mito e levou esta: “Come frango, ovo, fígado, rim, ou deixa de comer carne”...


Homicídios em Blumenau...
A polícia de Blumenau diz que lida com suposto crime de acertos de contas, em relação a morte de dois sujeitos numa casa noturna, popularmente chamada de zona, na rua Phillipp Bauler, bairro Itoupavazinha, na madruga do sábado, 30. Fernando Fidélis, 33 e Deivid Passold, 37 anos de idade, foram apagados enquanto “saçaricavam” na “bocada”. O atirador meteu pipoca, sem dar qualquer chance dos dois mortos ali mesmo...


Aids...
Dados assustadores do Ministério da Saúde apontaram que mais de 135 mil brasileiros estão contaminados com o vírus letal da Aids. E nem sabem disto. Enfiam a minhoca em qualquer orifício e tempos depois a merda chega fazendo a cobrança, de forma dura, implacável, destruidora e definitiva. O HIV até tem controle. Mas não tem cura. Os maiores índices de contágios, que já teve a velharada como protagonista, está entre os jovens. Te segura aí, cara.


Aids 02...
Em 1 ano, a incidência do vírus subiu de 866 para 900 pessoas. Mesmo assim, o número de morte caiu. Brasileiros com idade entre 20 e 34 anos, representam 57,5% das notificações na atualidade. Tudo isto foi apresentado durante a celebração do Dia Mundial de Combate a Aids. Aqui em Santa Catarina, Itajaí ainda carrega o fardo pesado de município onde a doença apresenta números assustadores...


Perseguição...
“Moises não tem moral pra ser o meu líder”, reagiu o deputado Jessé Lopes, 37 anos, natural de Criciúma. Já a colega a itajaiense de PSL, Ana Campagnolo, 29 anos, acusa o governador Carlos Moises de atacar qualquer pessoa que o confronta, quer ser o dono da verdade. As críticas foram dirigidas ao ex-bombeiro aposentado que, segundo os dois parlamentares, cospe no prato que comeu, xingando Bolsonaro, quando foi através dele que se elegeu...


Expulsões...
Ana e Jessé ainda não estão livres de expulsões do partido. O governador não descansa enquanto não ver os dois fora das vistas dele, mas Ana diz que o santo dela e do colega são mais fortes. “Sabemos que o Moises está por trás disto tudo. É um traidor que não merece o cargo. É uma pessoa sem memória, ignorando que era um desconhecido e que somente com a força política de Bolsonaro, se deu bem e hoje afronta nosso presidente”, concluiu a moça...


Regras dos Jasc...
Deputados votaram a favor da participação de atletas nos Jogos Abertos, com menos de dois anos de residência no Estado, como versava a nova lei anterior. Agora, basta o atleta ter iniciado a trajetória esportiva em solo barriga-verde que tá tudo certo. A autoria do projeto é do estadual, Rodrigo Minotto, PDT, 46 anos, de Criciúma e advogado de profissão. A nova norma flexibilizada, com certeza atrairá reforços ao Estado, tornando os Jasc mais atraentes...


Cadê os 190 milhões?
É a pergunta que milhares de catarinenses estão fazendo ao governo do Estado. Moises garantiu que repassaria os R$190 milhões referentes ajuda a hospitais filantrópicos, mas a coisa anda mais devagar que tartaruga com perna engessada. Para o 1º secretário da Mesa Diretora da Alesc, deputado Laércio Schuster, o tempo joga contra quem necessita dos recursos. Diz que se o Moises não liberar a grana rápido, caduca, e vai ter problemas.


Agoniados...
Hospitais como o Oasi de Timbó, Maternidade de Rio Texto de Pomerode, Dom Bosco de Rio dos Cedros e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Gaspar, dependem dos recursos prometidos para tocar os projetos e ao mesmo tempo programar as prioridades, onde o dinheiro será aplicado dentro das casas de saúde de categoria filantrópica. O governador do PSL prometeu em junho deste ano que liberaria o montante, mas a demora ligou o alerta...


Faltam celas...
Não, não é o Zorro reclamando que vai ter que roçar a bunda no dorso do Silver, sem a devida proteção. E sim, a ausência de celas com “c”, pra onde a Justiça possa encaminhar os transexuais, condenados por algum crime cometido. Há uma carência enorme, diz estudo. Hoje no Brasil, existem apenas 106 unidades aptas a receberem os condenados nesta situação. Tá faltando? Colocam os caras junto com os “anjinhos” da geral, nénão?


Prejuízos à vista...
A Federação Catarinense dos Municípios, Fecam, calcula perdas de mais de R$240 milhões, caso o Governo do Estado não cumpra o prazo legal para a liberação das emendas referente ao exercício 2019. E o tempo urge, diz o presidente da entidade e prefeito de Tubarão, Joares Pinticelli, PP, 54 anos, nascido na simpática Pouso Redondo, cuja população se nega até ouvir falar em construção de barragens, como tencionam alguns.


Prejuízos 2...
Ocorre que as emendas impositivas de deputados têm prazo de validade, ou seja, se não forem repassadas até próximo dia 6, sexta-feira, esta dinheirama toda vai pro saco, deixando os municípios chupando os dedos melequento de ranho. Por isto Ponticelli convoca os municípios filiados à Fecam a pressionarem Moises até que resolva encaminhar os valores a que todos os deputados têm direito e por consequência, dar um refresco ao catarinense...


Vascaínos unidos...
Pensam que a tal “black friday” só vale pra eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos? Uma pinóia. O Clube de Regatas Vasco da Gama do Rio de Janeiro, por exemplo, lançou campanha de arrecadação de sócios, com valores bem abaixo dos praticados normalmente pela agremiação e conseguiu nada menos que 67 mil novos associados, passando dos atuais 33 para 100 mil corajosos com direito a assento cativo no glorioso Estádio de São Januário...


Fez bonito...
Os 53 anos de carreira jornalística do paulista de Santo André, mas de coração catarinense, Mário Motta, foram coroados no último sábado, quando, se não era, ficou conhecido no Brasil inteiro, ao ser um dos escolhidos para apresentar o Jornal Nacional que completa 50 anos no ar, sentado na cadeira do titular, William Bonner. Ao lado da Lídia Pace, do Rio Grande do Norte, sentada na cadeira da Renata Vasconcelos. O cara foi calmo, sereno e profissional.


Fez bonito 2...
Mário Pinto da Motta Júnior, como foi batizado, talvez pela empolgação, só esqueceu que não estava apresentando o Jornal do Almoço, como faz há 30 anos, ao se despedir do telespectador dando um até amanhã...Aos 67 anos de idade, o jornalista coleciona enes participações em grande estilo. Mas também deu mancadas. Fato considerado normal pra quem lida com eventos variados e faz ao vivo, com gigantescas chances de fazer cacaca...


Fez bonito 03...
Uma delas ocorreu enquanto o jogo decisivo rolava na Ressacada entre Avaí X Bec. A partida decidia o campeão catarinense daquele ano e ainda não tinha acabado. Mas o Mário convocou a torcida avaiana a ir pro centro da Capital comemorar o título, dando a entender que a coisa toda já estava definida...Foi demais. Incluindo o puxão de orelhas que levou da turma da RBS que era a dona da bagaça...Mas valeu Mário, as vezes a recompensa demora. Mas chega...


O adeus a João Teles...
Quem também nos deixou sem pedir autorização, foi o empresário e por anos diretor financeiro da hoje falida Sul Fabril e diretor do Bec, João Teles, 72 anos de idade. João sempre foi o cabeça por onde atuou, pela forma consciente, séria e transparente com que lidava com a coisa, que dizer, dinheiro dos outros. No Bec atuava ao lado dos empresários, Beto Schuermann e Renato Werner da Altona e do médico, Edson Pedro da Silva, o popular Pingo...


Trombando...
A fase do Flamengo é tão desconcertante que, além de jogar um bocado, derruba até treinador. E o escolhido foi o Palmeiras. No começo da jornada, o eleito foi Felipão. O gaúcho retranqueiro perdeu pro Mengo e o técnico dançou. Pro azar do Mano Menezes, outra vez surge o Flamengo no meio do caminho. O treinador também foi derrubado pelo rubro negro, ao levar 3x1 em São Paulo. Querias o que mané?...

FONTE: Isaias de Souza

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Isaias de Souza

Isaias de Souza

Blog/coluna Isaias de Souza. Diretor Responsável pelo Jornal A Gazeta Catarinense. Atuou por mais de 20 anos em jornais de grande circulação do estado de Santa Catarina, passando por praticamente todos os setores, adquirindo experiência e conhecimento para que hoje A Gazeta seja referencia no seu segmento.
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium