Sexta, 15 de novembro de 2019
47 98418-6588
Política

08/11/2019 ás 16h44

29

Jean de Souza

Blumenau / SC

Rolou na Câmara quinta, 7
Tudo sobre o Legislativo de Blumenau.
Rolou na Câmara quinta, 7
Foto/Câmarablu.

Discussões...
O tijucano sangue bom, Cézar João Cim, jogou pesado na sessão desta quinta. Ao ter projeto que criaria um Código do Consumidor de Blumenau, recebendo parecer jurídico contrário, ficou puto da cara. Primeiro pegou a Procuradoria, que julgou o tema inconstitucional. Embora lembrasse que é apenas uma opinião, nada definitivo. Depois se grudou na CCJ, que o Jovino e outros quatro tocam. Bateu na falta de discussões. Aceitamos tudo sem esmiuçar os assuntos.


Discussões 2...
Destacou alguns temas jogados no arquivo morto da Câmara, entre eles, as regulamentações dos estacionamentos privados, uma luta constante e a mais recente que foi a legalização do transporte alternativo por aplicativo, conhecido pela alcunha de Uber, dona do mundo nesta área, cujo tema é briga do colega Alexandre Caminha. Poderia ter citado centenas de projetos descartados sem análises mais profundas. Certíssimo, excelência. Pediu clemência à negada...


Defesa ferrenha...
O presidente da Casa, Marcelo Lanzarim saiu em defesa dos colegas que estão tomando pau de tudo que é lado por gastos absurdos de telefone os gabinetes. Aqui muita gente trabalha, tudo que se relaciona a população de Blumenau, passa por este legislativo. O orçamento do município com mais de R$3 bilhões para o ano que vem é um deles. Não seria por conta de 100 reais que se crucificaria alguém. Aqui trabalhamos e trabalhamos muito” completou...


Novo delegado...
Zeca Bombeiro contou que esteve conversando com o novo delegado regional, Izomar Amorim, que pegou o cargo do Egídio Ferrari, que saiu porque quis. Foi cumprimentar a autoridade que já militava mais de ano em Blumenau. Lembrou da importância de uma polícia bem estruturada e sob o comando de profissionais de alto gabarito. A exemplo da PM, que tem feito um excelente trabalho no município...


Explicando...
O itajaiense, Gilson de Souza usou a tribuna pra explicar a maioria do blumenauenses que culpa os vereadores pela demora nas pavimentações de ruas. “Vereador não calça ruas, cobra da Prefeitura e seus órgãos, mas não tem o poder de exigir nada. Confundem o papel do vereador com o Executivo. Qual vereador não gostaria de ver sua comunidade amparada neste quesito?, exemplificou...


Lista de médicos...
O projeto de lei do Alexandre Caminha que obriga todos os postinhos médicos e os AGs, informarem de forma clara e acessível aos pacientes, a lista diária com os nomes dos médicos, acaba de ser aprovado na Câmara. Caminha acha que corrige uma falha, onde nem todos os moradores do bairro e entorno dele, sabem manusear equipamentos eletrônicos, se referindo a celulares. Já as lixeiras que pretendia nas saídas dos estacionamentos, foi pro arquivo.


Indaial presente...
Convidado do tucano, Alexandre Matias da mesma sigla, o prefeito de Indaial, André Moser, 33 anos de idade, esteve visitando a sessão desta quinta-feira, 7. Veio falar de políticas pública, tema que tem conversado bastante com o prefeito Mário Hildebrandt, também presidente da Ammvi. “Agradeço o convite do colega Matias. Estou sempre ligado ao que ocorre aqui. Tudo que ocorre em Blumenau, reflete em Indaial, bem como nos demais municípios vizinhos”...


Espaço ocioso...
O petista Adriano Pereira disse ter feito solicitação ao Executivo para a sessão do espaço antes utilizado pela escola pública Isolete Muller, de portas lacradas, às atividades da Associação de Moradores da Rua Franz Mueller em regime de comodato. Noutra queixa, lembrou do abandono em que se encontra o prédio do Cras do bairro Água Verde. E encerrou o papo destacando que após anos de luta, finalmente o bairro Velha inaugura a feira livre dia 19.


Chororó...
Ito de Souza diz que voltou ao trabalho meio capenga e preocupado com um diagnóstico dado pelo médico que cuida dele, “mas com tremenda disposição para defender os interesses do eleitorado”. A decepção do dia tinha sido pela manhã, quando soube que o prefeito Mário não lhe atenderia no gabinete, onde pretendia fazer denúncia. Lamento a postura do prefeito. Não quero mais saber de papo com ele”, comentou meio “tanguidinho, macambuzo”...


Animadão...
Jovino Cardoso que se encrespou com a turma do Pros, devendo mudar de sigla, outra vez, cobrou mais atenção à saúde. Soube que o secretário da Saúde do município, o Krambeck, foi à Brasília tentar arrumar um troco pra instalação de outros 5 pontinhos médicos e uma unidade avançada. Embora reconheça as dificuldades, baseado no corte de 40% dos recursos à área da saúde, previsto para 2020...


Fortaleza Alta...
Já Almir Vieira disse estar satisfeito com a inauguração da sede própria da Associação de Moradores do Fortaleza Alta, edificada em área adequada, onde trabalha junto ao município, a implantação de uma creche num dos espaços ainda disponíveis. O vereador se diz preocupado com os congestionamentos no AG do bairro e acredita que junto ao prédio do Hospital Universitário da Samuel Morse, haveria espaços para abrigar dois postinhos, se quiserem...


Decisão acertada...
Na opinião do Alexandre Matias, a extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes e que não tenham como comprovar arrecadação de no mínimo 10% da receita necessária aos custos da máquina pública, vai trazer economia e moralizar uma prática usada na velha e surrada política para muitos espertos se locupletarem em seus instintos maléficos. Foi uma medida acertadíssima, revelou...


Prevenções...
O democrata Marcos da Rosa destacou que em breve, o Samu de Blumenau receberá R$200 mil, via emendas do deputado Jair Miotto, com quem discutiu dia desses, a liberação de recursos para Blumenau. Noutra linha, diz que a cidade precisa evolver suas escolas nas discussões e divulgação de campanhas preventivos ao uso do álcool, o criminoso ato do aborto e a prática da pedofilia. “As mudanças começam nas escolas”, reforçou...

FONTE: Da redação.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium